Artist.

While being an economics student and a fierce art lover, this magazine works as a platform where I can write and give my vision regarding certain artistic topics.

Artists are welcomed to use it to spread their work, subject to a brief analysis, sending an email to sur_real@outlook.com

 

 

A Artte não é, resulta.

 

Um objecto cria, no vizitante, uma marca; e marca a totalidade dos vizitantes.

Eis uma placa na formação esttética; que acrescenta a consciência dos morttais.

 

Um elemento que se agrega ao ttraço que a Humanidade deixa.

Leva. Vai. Faz caminho.

 

Difícil antecipar o que vai ser Artte –

Saber o que acrescenta; e passa a integrar a consciência dos morttais:

– Nem tudo o que é iconoclasta é Artte;

 

Uma pulsão que vem das entranhas; gestação de um só um:

– Nem tudo o que urge é Artte.

 

Por isso, nunca se sabe o que é Artte:

Um relâmpago na noite escura?

 

Tempo de Trovoada. 

 

 – Poem by (AO), thank you. – 

(if I translate the poem, it loses power.)

 

And a big thank you to Afonso who helps me with everything.

Animation: Raquel Alves de Oliveira x @studio_osdois