Artista.

Enquanto estudante de economia e grande apreciadora de arte, uso esta revista, paralelamente ao curso, como plataforma onde escrevo e dou a minha visão sobre certos temas ou correntes artísticas.

Também artistas podem usá-la para divulgar o seu trabalho, sujeitos a uma breve análise minha, enviando um email para sur_real@outlook.com

 

 

A Artte não é, resulta.

 

Um objecto cria, no vizitante, uma marca; e marca a totalidade dos vizitantes.

Eis uma placa na formação esttética; que acrescenta a consciência dos morttais.

 

Um elemento que se agrega ao ttraço que a Humanidade deixa.

Leva. Vai. Faz caminho.

 

Difícil antecipar o que vai ser Artte –

Saber o que acrescenta; e passa a integrar a consciência dos morttais:

– Nem tudo o que é iconoclasta é Artte;

 

Uma pulsão que vem das entranhas; gestação de um só um:

– Nem tudo o que urge é Artte.

 

Por isso, nunca se sabe o que é Artte:

Um relâmpago na noite escura?

 

Tempo de Trovoadas. 

 

 – Poema de (AO), obrigada. – 

 

 

E um obrigada ao Afonso que me ajuda em tudo.

Animação: Raquel Alves de Oliveira x @studio_osdois